Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça Federal enterra mais um caso da Lava Jato contra Lula

Inquérito que investigava palestra no exterior foi elaborado a partir da delação de Léo Pinheiro, da OAS; justiça alegou prescrição e falta de provas

Por Lucas Vettorazzo 13 set 2021, 14h05

A Justiça Federal arquivou mais um caso da Lava Jato contra o ex-presidente Lula. Dessa vez foi o inquérito que investigava tráfico de influência internacional com base na delação premiada do executivo da OAS, Léo Pinheiro. Lula era investigado por suspeita de ser pago pela empreiteira para dar uma palestra na Costa Rica em troca de favorecimento em negócios no Brasil.

O próprio Ministério Público Federal pediu o arquivamento do inquérito por conta de o principal crime, o de tráfico de influência, já ter prescrito. Para o crime de corrupção, o MPF disse não ser possível dar seguimento com as investigações em razão de o relato do colaborador ter “baixa precisão”. 

De acordo com sentença proferida na última sexta-feira pela da juíza da 9ª Vara Criminal de São Paulo, Maria Carolina Akel Ayoub, o arquivamento se deu em razão dos “parcos indícios coletados” na fase probatória.  

Publicidade