Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça do Rio suspende instalação de tomógrafo em Igreja Universal

Equipamento comprado com dinheiro público seria colocado em UPA da Rocinha, mas estava sendo montado no estacionamento da igreja

Por Mariana Muniz Atualizado em 13 Maio 2020, 16h47 - Publicado em 13 Maio 2020, 16h22

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão imediata da instalação, pelo prefeito Marcelo Crivella, de um tomógrafo no estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em São Conrado, na Zona Sul da cidade. O aparelho seria colocado, inicialmente, em uma unidade de saúde na Rocinha.

“Tais equipamentos são adquiridos pelo Poder Público com destinação específica, não sendo razoável supor sua instalação em local diverso, privado, agravado pelo fato de ser uma Igreja de onde o Sr. Prefeito é bispo licenciado”, afirmou o juiz na decisão.

A decisão atende a um pedido feito em ação popular apresentada por Danilo Firmino, coordenador do Coletivo Fala Subúrbio, e Victor Almeida.

Segundo a prefeitura, o local foi escolhido porque já possuía a infraestrutura adequada e se localiza próximo ao metrô, “e que posteriormente o equipamento será transferido em caráter permanente para a unidade de saúde”.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade