Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça aceita denúncia por acidente da TAM em 2007

A Justiça Federal paulista recebeu a denúncia do Ministério Público contra a ex-diretora da Anac Denise Abreu, o diretor de segurança de voo da TAM, Marco Aurélio dos Santos, e o vice-presidente de operações da empresa, Alberto Fajerman, por envolvimento no acidente aéreo ocorrido em 2007 no Aeroporto de Congonhas. O acidente, que deixou 199 […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 11h21 - Publicado em 15 jul 2011, 20h28

A Justiça Federal paulista recebeu a denúncia do Ministério Público contra a ex-diretora da Anac Denise Abreu, o diretor de segurança de voo da TAM, Marco Aurélio dos Santos, e o vice-presidente de operações da empresa, Alberto Fajerman, por envolvimento no acidente aéreo ocorrido em 2007 no Aeroporto de Congonhas. O acidente, que deixou 199 pessoas mortas, foi o maior desastre da aviação civil do Brasil.

Denise Abreu tornou-se ré pelo crime de imprudência por ter liberado a pista do aeroporto sem as mínimas condições de uso. Os dois funcionários da TAM, por sua vez, responderão por atentado contra a segurança do transporte aéreo.

Publicidade