Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Juiz mantém depoimento de Bumlai que complica Delúbio Soares

Defesa do ex-tesoureiro do PT havia pedido anulação do depoimento

Por Ernesto Neves - 15 mar 2019, 13h41

O juiz Luiz Antonio Bonat, responsável pelos processos da Lava-Jato no Paraná, negou a anulação de um depoimento de José Bumlai sobre a suposta participação de Delúbio Soares num esquema de corrupção com o banco Schahin.

Essa ação penal investiga a participação do ex-tesoureiro do PT e de outros cinco suspeitos em um suposto esquema de pagamento de propina envolvendo o banco. 

O pedido havia sido havia sido feito pela defesa de Delúbio.

Os advogados do ex-tesoureiro do PT afirmaram que Bumlai mudou a versão dos fatos durante um depoimento concedido em fevereiro deste ano em relação a um segundo dado à Justiça em 2016 em outro processo.

Publicidade

De acordo com a defesa, o pecuarista afirmou que Delúbio “não fez qualquer menção a pedidos de empréstimos e nem a destinações dos valores dos empréstimos feitos ao Banco Schahin ou ao José Carlos Costa Marques Bumlai”.

Porém, ao ser questionado com o depoimento de 2016, Bumlai teria mudado sua versão. Ele reafirmou que o ex-tesoureiro petista fez parte de reunião no banco. E que tratou do esquema de propina.

 

Publicidade