Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jorge Viana põe derrota na conta de Gleisi Hoffmann

Antes da campanha, durante reunião de bancada, ele chegou a berrar com a correligionária para que ela parasse de falar em golpe e 'Lula livre'

Jorge Viana engrossa a fila de petistas inconformados com Gleisi Hoffmann e seu discurso centrado no golpe e no “Lula livre”.

O senador ainda é mais severo com a correligionária. Em conversas com amigos, ele põe na conta de Gleisi uma parcela significativa da responsabilidade por sua derrota no Acre.

Poucas coisas são tão comuns quanto políticos procurando bodes expiatórios para justificar seus fracassos, como faz agora Viana.

Mas, de fato, ele tem um álibi.

Muito antes de a campanha começar, Viana já batia na tecla de que o PT iria pagar caro se sua presidente insistisse nas bandeiras que afastassem a legenda dos eleitores moderados.

Ele tinha tanta convicção da tese que disse exatamente isso aos berros para Gleisi durante uma reunião da bancada do Senado.

Como se sabe, nem assim ela o ouviu.

(Atualização: Jorge Viana entrou em contato para informar que tem uma excelente relação com Gleisi, que jamais a desrespeitou e que, assim como ela, considera a condenação de Lula e o impeachment de Dilma “jogos de cartas marcadas”).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s