Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Joesley pagava mesada de 50 000 reais a procurador

'Ajuda de custo' de alto padrão

Por Da Redação Atualizado em 19 Maio 2017, 14h21 - Publicado em 19 Maio 2017, 13h40

Na lista de autoridades que Joesley Batista botou na gaveta está o procurador da República Ângelo Goulart Villela, integrante da força-tarefa responsável pela operação Greenfield, que tinha a JBS como um dos alvos.

Em sua delação premiada, Josley conta que desembolsava uma mesada-propina de 50 000 reais a Villela. De acordo com o executivo, o dinheiro era pago “a título de ajuda de custo”, em troca de informações privilegiadas da investigação.

  •  

    Publicidade