Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Joaquim Barbosa tem a menor rejeição entre candidatos ao Planalto

Já Geraldo Alckmin e Fernando Haddad são líderes

Por Ernesto Neves - Atualizado em 3 maio 2018, 11h03 - Publicado em 3 maio 2018, 06h34

Entre os presidenciáveis, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (PSB) é o que apresenta menor rejeição.

Dos entrevistados, 45,5% responderam que não votariam nele, segundo pesquisa exclusiva feita pelo Instituto Paraná.

Já os políticos mais rejeitados são Fernando Haddad (PT), com 66,1%, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), com 61,3% e Ciro Gomes (PDT), que aparece com 55%.

A pesquisa do Instituto Paraná ouviu, entre os dias 27 de abril e 2 de maio, 871 pessoas, em 137 municípios de 26 unidades da federação, nas cinco regiões do país.

Continua após a publicidade

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR 2853/2018.

Veja os resultados da pesquisa sobre rejeição do Instituto Paraná:

Fernando Haddad (PT) 66,1%

Geraldo Alckmin (PSDB)  61,3%

Continua após a publicidade

Ciro Gomes (PDT) 55%

Marina Silva (Rede) 51,5%

Jair Bolsonaro (PSL) 49,6%

Joaquim Barbosa (PSB) – 45,5%

Publicidade