Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

JBS fecha 2020 com R$ 2,8 bi investidos no combate à pandemia

Companhia não parou de fabricar alimentos, uma atividade essencial, e por isso teve de reforçar a proteção da força de trabalho ao longo do ano

Por Robson Bonin Atualizado em 8 jan 2021, 16h29 - Publicado em 9 jan 2021, 18h06

A JBS fechou as contas de 2020 com 2,8 bilhões de reais investidos no enfrentamento da pandemia. Boa parte do dinheiro garantiu a segurança dos funcionários na linha de produção.

A companhia não parou de fabricar alimentos, uma atividade essencial, e por isso teve de reforçar a proteção da força de trabalho.

Para apoio às comunidades em que opera, a empresa doou 700 milhões de reais. No Brasil, foram 400 milhões de reais alocados nas frentes de saúde, social e ciência.

Foram construídos dois hospitais permanentes — no Distrito Federal e em Rondônia — e financiadas 15 obras de expansão de instituições de saúde.

A empresa também comprou 88 ambulâncias, 365 respiradores, 1.479 monitores multiparâmetros, 18 milhões de EPIs e 1.880 leitos clínicos e de UTI.

Continua após a publicidade
Publicidade