Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Irmãos Viana, Tião e Jorge, levaram 2 milhões da Odebrecht

Acusação foi feita por Maarcelo Odebrecht e Hilberto Mascarenhas

Por Da Redação - Atualizado em 30 jul 2020, 20h57 - Publicado em 11 abr 2017, 18h18

Os irmãos Viana, Tião e Jorge, também estão na lista de inquéritos em poder do STF. Jorge e Tião receberam 2 milhões de reais para a campanha do segundo ao governo do estado do Acre em 2010. O pagamento contou com a anuência de Antonio Palocci e foi registrado no sistema de propinas da empresas com o codinome “menino da floresta”.

Romero Jucá levou propina de quatro milhões de reais

Collor recebeu 800 000 reais da Odebrecht

Renan Calheiros usou propina para financiar o filho

Continua após a publicidade

Lobão levou 5,5 milhões de reais da Odebrecht

Kassab investigado pelo desvio de R$ 20 milhões

Publicidade