Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Iphan estuda tombar arenas do Parque Olímpico do Rio de Janeiro

Velódromo e Centro de Tênis também seriam protegidos pela iniciativa

Por Gustavo Maia Atualizado em 26 jul 2021, 15h36 - Publicado em 26 jul 2021, 14h29

Em meio às Olimpíadas de Tóquio, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ligado ao Ministério do Turismo, estuda tombar instalações utilizadas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

A iniciativa do Iphan protegeria as arenas 1 e 2 do Parque Olímpico, o velódromo e o Centro Olímpico de Tênis.E conta com o apoio de atletas olímpicos como o ex-integrante da equipe de atletismo André Domingos.

“A gente precisa desse tombamento porque não podemos deixar morrer esse espaço. A gente pergunta do legado olímpico e ele não aconteceu. É o governo federal que está mantendo isso vivo, trazendo importantes eventos esportivos para esses espaços como o Pan-Americano de ginástica olímpica, e eventos do boxe. Esse tombamento vai proteger essas arenas olímpicas, porque isso é um patrimônio do esporte e do Brasil”, comentou o ex-velocista.

Publicidade