Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Investigadores suspeitam que Ronnie Lessa vendia fuzis para o tráfico

Acusado de matar Marielle Franco

Os investigadores que prenderam Ronnie Lessa suspeitam que ele vendia fuzis a facções do tráfico do Rio de Janeiro.

Isso porque as 117 armas apreendidas no dia de sua prisão são de baixa qualidade. Lessa também falsificava certificações de qualidade, como o registro da Marinha americana que imprimiu nestes fuzis.

Outro indício é o fato de as milícias preferirem o AK-47, em lugar do fuzil AR-15.

Os policiais já descobriram que Ronnie comprava armas na Inglaterra, Nova Zelândia, China, Alemanha e Estados Unidos.

Eram trazidas para o Brasil no varejo, no máximo três unidades.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. antonio santos

    Os investigadores estão sonhando! Que suspeita existe em ter um arsenal em casa?

    Curtir