Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Investigadores fecham cerco a mandante do assassinato de Marielle

Até agora, já há duas certezas na entre os responsáveis pelo caso, que acaba de completar 850 dias

Por Mariana Muniz Atualizado em 16 jul 2020, 19h29 - Publicado em 17 jul 2020, 10h35

A investigação sobre o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, que acaba de completar 850 dias, deverá ser concluída só em outubro, mas já há duas certezas entre os investigadores do Rio.

A primeira delas: o mandante do crime é miliciano. A segunda: a família Bolsonaro está limpa no caso.

Publicidade