Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Investigado no STF por atos antidemocráticos apoia invasão ao Capitólio

Deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) diz que a ocupação nos EUA se deu por conta do 'roubo escancarado nas eleições'

Por Evandro Éboli Atualizado em 6 jan 2021, 19h57 - Publicado em 6 jan 2021, 20h05

Investigado no STF no inquérito que apura os atos antidemocráticos ocorridos no Brasil ao longo de 2020, o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) não condenou a invasão do Capitólio por manifestantes apoiadores de Donald Trump.

Ao contrário.

O deputado, que ganhou fama por ter quebrado a placa de Marielle Franco durante a campanha de 2018, apoiou o ocorrido e atacou a imprensa brasileira que cobre os fatos desta quarta-feira em Washington.

“Para a imprensa biltre o povo ‘invadiu’ o Congresso americano por causa do Trump. Essa enorme fatia de ‘jornalistas’ esqueceu que o Congresso é a casa do povo, e que esse povo está lá, por causa do roubo escancarado nas eleições. Essa é a verdade. Essa deveria ser a notícia!”, postou Silveira. 

Continua após a publicidade
Publicidade