Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inclua-me fora dessa

No Palácio do Planalto, servidores que costumam acompanhar Dilma Rousseff em missões internacionais estavam fazendo de tudo para não integrar a comitiva que foi à Guiné Equatorial. A tensão se justifica: só no final do ano passado, uma diplomata e uma oficial de chancelaria brasileiras morreram de malária e febre tifóide naquele país.

Sem companhia

No Palácio do Planalto, servidores que costumam acompanhar Dilma Rousseff em missões internacionais estavam fazendo de tudo para não integrar a comitiva que foi à Guiné Equatorial.

A tensão se justifica: só no final do ano passado, uma diplomata e uma oficial de chancelaria brasileiras morreram de malária e febre tifóide naquele país.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s