Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ibama vai para o tiro, pancada e bomba contra desmatadores

Órgão vai comprar granadas de lacrimogêneo, gás pimenta e armas elétricas para fiscalizar meio ambiente

Por Hugo Marques Atualizado em 20 nov 2020, 17h39 - Publicado em 20 nov 2020, 16h31

O Ibama, que recebeu críticas pela ação tímida contra os incêndios que devastaram boa parte do Pantanal e da Amazônia, anunciou a compra de granadas lacrimogêneas, espargidores de gás pimenta e armas de choque. A licitação vai custar em torno de 1,2 milhão de reais.

A lista inclui 870 espargidores de gás pimenta, 480 granadas lacrimogêneas e refis. A lista também inclui 1.500 munições calibre 12 de borracha e 40 dispositivos elétricos incapacitantes, entre outros itens.

Publicidade