Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Homens fortes do governo de Beto Richa serão interrogados

Assessor e empresário serão ouvidos em fevereiro

Por Ernesto Neves - Atualizado em 9 jan 2019, 14h02 - Publicado em 9 jan 2019, 14h01

Deonilson Roldo, ex-secretário de Comunicação e ex-chefe de gabinete nos governos de Beto Richae o empresário Jorge Theodócio Atherino serão ouvidos pela juíza Gabriela Hardt nos dias 12 e 13 de fevereiro.

Os dois são investigados por supostos esquemas em contratos com a Odebrecht para a duplicação da rodovia PR-323.

Segundo a força-tarefa da Lava-Jato, Atherino atuou como operador de propinas de Beto Richa.

Os procuradores afirmam que ele utilizou suas empresas para movimentações expressivas de valores sem origem identificada.

Continua após a publicidade

 

Publicidade