Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Haddad e o velho e bom fogo amigo petista

Veja como o Enem virou uma espécie de desgraça sazonal para Fernando Haddad. Nesta semana, depois de vazarem novas trapalhadas no maior exame de avaliação escolar no Brasil, Haddad colecionou aparições negativas na imprensa, como a entrevista em que atacou professores cearenses no lugar de reconhecer a ingenuidade do MEC em repetir questões de um […]

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2017, 20h27 - Publicado em 28 out 2011, 12h26

Na mira da companheirada petista

Veja como o Enem virou uma espécie de desgraça sazonal para Fernando Haddad. Nesta semana, depois de vazarem novas trapalhadas no maior exame de avaliação escolar no Brasil, Haddad colecionou aparições negativas na imprensa, como a entrevista em que atacou professores cearenses no lugar de reconhecer a ingenuidade do MEC em repetir questões de um pré-teste no Enem.

Para piorar, a desgraça de Haddad deu novo gás à turma de Marta Suplicy. Apresentando-se como emissários de Marta, petistas procuraram partidos com pretensões eleitorais em São Paulo para tentar potencializar o calvário de Haddad. A leitura é de que Haddad ainda não é candidato a prefeito, é candidato à vaga do PT. Amplificar a crise no MEC só faria desgastar o ministro no partido.

Publicidade