Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Guerra de narrativas: Witzel foi vaiado ou abraçado?

Governador do Rio é novo alvo da militância digital bolsonarista

Por Mariana Muniz 31 out 2019, 15h40

Na era do “curte e compartilha”, a versão anda valendo quase mais do que o fato.

Na noite desta quarta-feira, o governador Wilson Witzel (PSC), que virou alvo da militância digital bolsonarista, esteve num evento, em Itaperuna, no interior do Rio de Janeiro, em que foi hostilizado, aos gritos de traidor, por um punhado de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PSL), que o esperavam na porta.

Minutos depois foi abraçado e festejado pela população local.

Os dois momentos foram registrados e os vídeos circulam pelas redes como se cada um retratasse o que de fato ocorreu.

 

Continua após a publicidade
Publicidade