Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Disputa ao Senado no Rio tem briga entre candidatos de Lula e Bolsonaro

Romário e Alessandro Molon aparecem na dianteira

Por Robson Bonin Atualizado em 23 jul 2021, 15h48 - Publicado em 25 jul 2021, 14h30

Pesquisa encomendada pela turma do governador Cláudio Castro no Rio de Janeiro mostra Romário (21%) na dianteira da disputa pelo Senado. A surpresa é o segundo colocado: Alessandro Molon (15%).

O deputado do PSB é um nome forte na política do Rio, mas não vem trabalhando pelo Senado como os outros concorrentes. O fato de ter 15% mesmo sem articular, é um fator que deve pesar na definição da chapa de Marcelo Freixo, o candidato ao governo do Rio pelo partido, em 2022.

O desempenho de Molon só não é melhor quando a pesquisa informa os candidatos apoiados por Lula e Bolsonaro. Aí o petista Lindbergh Farias e o bolsonarista Washington Reis sobem e empatam na liderança com 26%. Molon, apresentado como candidato de Ciro Gomes, fica em 21%.

Publicidade