Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Grupo contra aborto em estupro quer eleger os ‘legisladores pela vida’

Os eleitos este ano que cumprirem as metas impostas vão integrar o "Hall da Fama Nacional de Prefeitos e Vereadores Pró-Vida"

Por Evandro Éboli Atualizado em 1 out 2020, 08h39 - Publicado em 1 out 2020, 08h21

Grupos e movimentos religiosos que atuam há anos contra qualquer possibilidade da realização do aborto estão ativos nessa campanha eleitoral.

São vários candidatos com essa plataforma.

Esses grupos pró-vida, como se intitulam, integram a Rede Nacional em Defesa da Vida e da Família. O movimento envia aos candidatos a prefeitos e vereadores o “Termo de compromisso pela vida”.

  • Pretendem criar uma “bancada” pais afora de “legisladores pela vida”.

    Nesse documento, quem assina se compromete a se posicionar sempre contra as formas de aborto, em quaisquer circunstâncias, e a lutar contra a descriminalização dessa prática.

    E quem seguir essas orientações, diz o termo, entrará para o “Hall da Fama Nacional de Prefeitos e Vereadores Pró-Vida”.

    “Medalhas, honrarias e certificados serão concedidos em sessão solene anual”, diz o termo.

    Esses grupos se uniram para impedir a interrupção da gravidez da menina de 10 anos que foi estuprada no Espírito Santo. Chegaram a fazer protestos em frente a um hospital e a hostilizar médicos.

    ASSINE VEJA

    A ameaça das redes sociais Em VEJA desta semana: os riscos dos gigantes de tecnologia para a saúde mental e a democracia. E mais: Michelle Bolsonaro vai ao ataque
    Clique e Assine
    Continua após a publicidade
    Publicidade