Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo financia 40 projetos para combater coronavírus

Ações de pesquisa, desenvolvimento e inovação somam mais de R$ 26 milhões

Por Manoel Schlindwein - 14 maio 2020, 06h01

Apesar do negacionismo presidencial, com gripezinhas e passeios de jet-ski, o governo tem tomado diversas iniciativas para combater a crise do novo coronavírus. Na vanguarda tecnológica, figuram 40 projetos de pesquisa e inovação industrial apoiados por meio de incentivos do Ministérios da Ciência e da Educação. Quem tira as ideias do papel é a EMBRAPII, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial.

Os projetos de PD&I (pesquisa, desenvolvimento e inovação) totalizam mais de R$ 26 milhões, sendo R$ 14,9 investidos na prevenção, R$ 5 milhões no diagnóstico e R$ 6,5 no tratamento da doença. São equipamentos médicos, softwares, aplicativos, novos materiais e soluções que atendam as demandas das empresas atuantes no combate ao covid-19.

Dentre os exemplos mais relevantes da tecnologia nacional, um ventilador pulmonar desenvolvido no Inatel, de Minas Gerais; um oxigenador pioneiro no Brasil, do Instituto Eldorado, em Campinas; uma câmara de ozônio para descontaminação de máscaras e outros EPIs, resultado do trabalho de pesquisadores do Instituto de Física da USP de São Carlos; e testes rápidos a partir da saliva, desenvolvido no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), de São Paulo.

O apoio da EMBRAPII, além de financeiro, garante qualificação profissional e infraestrutura completa de pesquisa para acelerar etapas de desenvolvimento das novas tecnologias, medidas essenciais neste momento.

Publicidade