Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo Bolsonaro simplifica autorização de residência para venezuelanos

Objetivo do Ministério da Justiça é trazer maior segurança jurídica e estabilidade aos imigrantes

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 25 mar 2021, 10h04 - Publicado em 25 mar 2021, 06h02

O Ministério da Justiça e Segurança Pública publica, nesta quinta-feira, uma portaria interministerial que simplifica o pedido de autorização de residência para venezuelanos. O documento facilita o procedimento para a solicitação de autorização de residência temporária, válida por dois anos. Após esse período, o imigrante poderá solicitar a conversão da autorização para prazo indeterminado, desde que não apresente registros criminais no Brasil e comprove meios de subsistência. A norma visa a atender ao interesse da política migratória nacional, que regulamenta a Lei de Migração.

Entre as ações destaca-se a flexibilização na solicitação de pedidos de residência para crianças que tenham ingressado no território nacional com até nove anos de idade. Elas poderão apresentar certidão de nascimento, desde que acompanhadas de um dos pais identificados no documento. Além disso, qualquer migrante em situação de vulnerabilidade poderá utilizar documento de identidade ou passaporte com validade expirada para fazer o pedido de residência temporária.

Leia também:

  • BC prevê a maior alta das contas dos brasileiros desde 2015.
  • Novo presidente da Eletrobras pode facilitar privatização.
  • Diretores pedem para deixar Petrobras.
  • Unafisco: Pró-leitos ameaça SUS universal.
Publicidade