Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governador do Amazonas tem audiência com embaixador da China

Corpo diplomático deve anunciar mais detalhes do movimento de ajuda e doações de 'itens e insumos prioritários para salvar vidas'

Por Mariana Muniz 22 jan 2021, 16h22

O governador do Amazonas, Wilson Lima, se reúne nesta sexta-feira em audiência virtual com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, para tratar de doações e apoios ao estado — castigado pela grave crise sanitária — autorizados por Pequim.

A ajuda está sendo viabilizada pela embaixada e por empresas chinesas em acordo com instituições como o Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina), o Comitê de Crise Covid-19 do Congresso Nacional e a Ordem dos Advogados do Brasil.

A representação chinesa, que foi acionada pelo presidente do Ibrachina, Thomas Law, em conjunto com os deputados federais Evair de Melo (PP-ES) e Marcelo Ramos (PL-AM), à frente do Comitê de Crise no Congresso, chegou a se manifestar publicamente sobre sua disposição em auxiliar por meio de nota, como noticiou o Radar.

A primeira ação efetiva do grupo foi o envio ao Amazonas de contêiner ISO com 17 mil m3 de oxigênio em estado líquido, equivalente a 1.700 cilindros de oxigênio em estado gasoso. Essa inciativa, capitaneada pelo Ibrachina, deve ser formalmente anunciada na reunião desta sexta, em conjunto com outras ações em andamento.

Continua após a publicidade
Publicidade