Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Goiás inventaria imóveis do estado e ‘descobre’ R$ 10 bi em patrimônio

Estudo mapeou pela primeira vez situação das propriedades em nome do governo goiano.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 8 jul 2020, 10h29 - Publicado em 8 jul 2020, 15h32

No meio da crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus, alguns governadores começaram a buscar recursos enxugando a própria máquina estatal. Em Goiás, Ronaldo Caiado criou um grupo para localizar e vistoriar as condições atuais de 4.764 imóveis em nome do governo goiano que juntos somam 10,4 bilhões de reais.

O grupo já vistoriou 3.572, encontrando algumas bizarrices como 644 imóveis do governo invadidos por particulares, e 172 propriedades desocupadas. A grande maioria (1.705) está ocupada por secretarias do governo e 324 imóveis estaduais são utilizados por prefeituras.

Como o Radar mostrou em junho, o estudo do governo goiano encontrou imóveis invadidos no Rio de Janeiro, em nome da extinta Loteria do Estado de Goiás, um apartamento no Pará também abandonado e um imóvel de 50 milhões de reais que estava nas mãos de golpistas, que haviam até falsificado a propriedade.

Publicidade