Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Globo aciona Flamengo na Justiça para vetar transmissão de jogos

Emissora afirma ter exclusividade de exibir as partidas do Campeonato Carioca e diz que nova MP não vale para contratos já firmados

Por Mariana Muniz - Atualizado em 24 Jun 2020, 15h45 - Publicado em 24 Jun 2020, 15h38

Depois de Jair Bolsonaro ter editado uma Medida Provisória para beneficiar o Flamengo na guerra com a Globo pelos direitos de transmissão do Campeonato Carioca, a emissora acionou o clube na Justiça nesta quarta-feira para proibir a exibição, pelo clube, da partida do próximo dia 1ª de julho, contra o Boa Vista, no Maracanã.

A MP 984, assinada pelo presidente na semana passada, determina que os direitos de transmissão dos jogos passam a ser do mandante da partida. Com base na nova regra, que alterou a Lei Pelé, o Flamengo prometeu transmitir os jogos em é mandante em seu canal no YouTube, a FlaTV. 

A Globo, no entanto, argumenta que a medida não tem validade para contratos já existentes. No caso do Carioca, a emissora acertou com todos os outros 15 clubes até 2024, com a exceção do Flamengo. 

ASSINE VEJA

Acharam o Queiroz. E perto demais Leia nesta edição: como a prisão do ex-policial pode afetar o destino do governo Bolsonaro e, na cobertura sobre Covid-19, a estabilização do número de mortes no Brasil
Clique e Assine

“Permitir que o Flamengo transmita os seus jogos ignorando os direitos de terceiros que já foram cedidos à Globo será premiar a má-fé e a manobra de esperteza de quem pretende mudar as regras no meio do jogo para se beneficiar às custas de todos os demais clubes”, diz a emissora na petição encaminhada à Justiça do Rio.

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com o pedido de liminar, caso o Flamengo não seja proibido de transmitir, ou de autorizar a transmissão por terceiro, dos jogos de futebol, “serão violados os direitos de arena regularmente adquiridos pela Globo dos demais clubes participantes do campeonato, com exclusividade, pelos quais já desembolsou, inclusive, elevadíssimas quantias”.

Se a Justiça atender ao pedido da Globo e o Flamengo mantiver a intenção de transmitir a partida, a multa pedida pela emissora é de mais de 2 milhões de reais.

 

Publicidade