Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Gilmar sobre André do Rap: ‘É um festival de erros, equívocos e omissões’

STF já tem maioria para mandar traficante de volta à prisão; Ministros analisam se mantém decisão de Luiz Fux

Por Mariana Muniz Atualizado em 15 out 2020, 16h08 - Publicado em 15 out 2020, 15h58

Durante a sessão de julgamentos no STF sobre a decisão que suspendeu o habeas corpus concedido ao traficante André do Rap, o ministro Gilmar Mendes não poupou críticas sobre o caso: “É um festival de erros, equívocos e omissões”.

O ministro é o terceiro a votar nesta quinta-feira na continuação do julgamento da decisão de Luiz Fux — que cassou a liminar dada pelo ministro Marco Aurélio Mello. Já há maioria formada na Corte para que a ordem de soltura seja revogada.

Gilmar também disse ser “bastante constrangedor o fato de a PGR ter se quedado inerte em apresentar qualquer impugnação nos autos do HC de terça-feira até o fim da sexta-feira”. O ministro lembrou que o Ministério Público apenas se manifestou no sábado, quando o traficante já estava solto. 

André do Rap é apontado como um dos chefões da organização criminosa PCC. Ainda falta votar o ministro Marco Aurélio.

Continua após a publicidade
Publicidade