Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gilmar disse tudo o que Eduardo Cunha gostaria de ouvir

Ministro esculhamba prisões preventivas durante sessão da segunda turma de hoje, véspera do julgamento do habeas corpus do ex-deputado

Se Eduardo Cunha ficar sabendo do que Gilmar Mendes disse há pouco no Supremo, ficará mais entusiasmado do que em reunião com empreiteiros.

Durante a sessão da segunda turma do STF, o conselheiro de Michel Temer criticou o que chamou de “alongadas prisões que determinam em Curitiba”. Mas a incontida esperança de Cunha não se sustenta em apenas em um pilar.

Até a estátua que fica em frente ao Supremo enxerga que o histórico ex-presidente da Câmara conta com o voto de Dias Toffoli para deixar a cadeia amanhã, quando o plenário do tribunal analisará o pedido de habeas corpus do peemedebista.

Cunha se fia na decisão em que Toffoli mandou soltar o ex-ministro Paulo Bernardo, em junho do ano passado, ocasião em que o ministro também criticou o encarceramento preventivo.

Mas pelo menos até agora, a conta de Cunha não deveria ensejar tanto otimismo. Além de Toffoli e Gilmar, ele precisa de mais três magistrados dispostos a conceder-lhe a liberdade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Ralfo B B Penteado

    Juiz dá mais alta corte fazendo bico de advogado dá ORCRIM.

    Curtir

  2. alfredo cardoso neto

    O que mais impressiona é o desmandos do STF ou de alguns membros. Só falta o STF o ultimo pilar da conciencia juridica do pais, ser benevolente com os mais corruptos que o mundo já viu.
    Agora nos falta ver que o STF, é conivente com o estado de corruptção que nos Brasileiros estamos vendo , presenciando e mais critico, sentindo na pele que nossos ilustres juizes, são coniventes com o desmando de politicos e empresas, envolvidas neste mar de lama. Mais ainda, vendo que alguns estão em situação critica, pelejam para salva-los, quando o POVO quer ve-los na prisão!!

    Curtir

  3. O Mosqueteiro de Ladrão de colarinho branco no STF deveria envergonhar-se de suas opiniões. O Brasil está de ôlho nele. Cadê a ação de impedimento de linha sucessória que o Mosqueteiro de político ladrão pediu vistas só para que não obtivesse resultado desfavorável às suas convicções? E os demais colegas de STF, são coniventes?

    Curtir

  4. Marco Águila

    Gente, por favor, não esqueçam de demonstrar e lotar devidamente o twitter dessa vergonhosa instituição com suas opiniões… Pregar para convertidos não vai levar a nada.

    Curtir

  5. Marco Águila

    Ao meu ver, o grande problema do beiçola é o despeito pelo protagonismo e importância do Moro na história do Brasil, coisa q esse rábula de político nunca vai chegar perto.

    Curtir

  6. Se é ilegal até o Belzebu deve ser solto.

    Curtir

  7. Paixao Paulo Cesar DA Paixao

    Alguém poderia explicar: A prisão preventiva por tempo indeterminado tem embasamento legal?

    Curtir

  8. Paixao Paulo Cesar DA Paixao

    Por que os tubarões do caso Banestado não tiveram prisão preventiva? Por que nenhum deles sofreu condenação? Quem era o juiz do caso?

    Curtir

  9. José Carlos Lopes de Oliveira

    Ele precisa de mais três “juízes” do famigerado STF para sair da prisão… Com certeza terá todos os votos necessários e ainda mais, afinal, para que serve essa porcaria de STF, se não para isso mesmo, patrocinar impunidades?

    Curtir

  10. Antonio FERREIRA DE CARVALHO

    Prisão preventiva não é pena antecipada. E o conceito de liberdade precisa ser revisto pelos nossos juízes.

    Curtir