Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fundo árabe e a Fórmula 1 podem impactar na guerra entre Bolsonaro e Doria

Mubadala está prestes a investir na realização do GP do Brasil

Por Mariana Muniz Atualizado em 12 nov 2020, 20h03 - Publicado em 13 nov 2020, 09h33

Estão muito avançadas as negociações para que Mubadala, o fundo soberano de Abu Dhabi, passe a tocar o GP do Brasil de Fórmula 1 em São Paulo no ano que vem.

Com o martelo batido, o fundo árabe poderá explorar a marca da competição no país, entre outros direitos. O negócio, porém, tende a gerar marolas na política nacional.

A investida é um balde de água fria nos planos de Jair Bolsonaro. Em guerra permanente com João Doria, o presidente sonhava em levar o GP do Brasil para o Rio de Janeiro, seu domicilio eleitoral.

Publicidade