Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ex-deputadas constituintes pedem a Maia cassação do mandato de Flordelis

Em mensagem ao presidente da Câmara, signatárias a acusam também de "abusar da fé alheia"

Por Evandro Éboli Atualizado em 31 ago 2020, 15h23 - Publicado em 31 ago 2020, 14h24

Um grupo de deputadas constituintes enviou pedido a Rodrigo Maia para que acelere a abertura de processo no Conselho de Ética contra Flordelis (PSD-RJ).

Elas defendem a cassação do mandato da parlamentar fluminense.

No texto enviado ao presidente da Câmara, as quatro ex-deputadas que o assinam afirmam que a “autoproclamada pastora” apresentou comportamento indigno para quem se apresenta como “verdadeira serva de Deus”.

E a acusam de agir em proveito próprio e de abusar da fé alheia.

“A sociedade brasileira, que também representamos, está sendo ultrajada e todas nós, mulheres, indignadas com um fato vil e criminoso tornado público pelas autoridades policiais do Estado do Rio de Janeiro” afirmam as signatárias.

Assinam o pedido as ex-deputadas constituintes Moema São Thiago, Beth Azize e Anna Maria Rattes – todas eleitas PSDB – e Irma Passoni, uma das fundadoras do PT.

 

Continua após a publicidade
Publicidade