Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Flávio Bolsonaro deixa partido de Edir Macedo

Entre aliados, a informação é de que o filho do presidente deve se filiar ao PP; Ciro Nogueira

Por Gustavo Maia, Robson Bonin 26 Maio 2021, 15h53

O senador Flávio Bolsonaro se desfiliou nesta quarta-feira do Republicanos, partido do bispo Edir Macedo. Eleito pelo PSL, ele estava na legenda desde março do ano passado.

O destino do filho 01 do presidente Jair Bolsonaro vai depender da decisão do pai sobre o partido ao qual vai se filiar para disputar a reeleição, no ano que vem.

Entre aliados, a informação é de que o senador deve se filiar ao PP, presidido por Ciro Nogueira, que negou a informação ao Radar.

O gabinete de Flávio divulgou uma nota às 15h45 confirmando a desfiliação do senador:

“O senador Flávio Bolsonaro informa que se desfiliou do Republicanos. O parlamentar, no entanto, ainda não tem um novo partido. Ele aguarda uma definição do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre qual será a nova sigla a qual eles devem se filiar”.

 

Continua após a publicidade

Publicidade