Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Feira informal junto ao Congresso tem até sex shop

Só não é possível comprar cachorro ou papagaio

Por Pedro Carvalho 14 mar 2018, 15h07

Eduardo Cunha bem que tentou fazer um shopping center no Congresso. Não obteve sucesso. Mas isso não significa dizer que o comércio não corre solto.

O que sempre teve por lá é a feirinha livre no estacionamento do anexo 4. Acontece que de uns tempos para cá ela cresceu muito.

Antes era vendido um salgado ou outro. Agora, tem até artigo de sex shop disponível.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade