Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Falta de segurança derruba turismo no Rio

Reunião extraordinária com órgãos municipais, estaduais e federais tenta resolver o problema

Por Da Redação Atualizado em 23 jan 2017, 23h10 - Publicado em 23 jan 2017, 17h33

O Ministério do Turismo, a Embratur, e as secretarias estadual e municipal de turismo do Rio participam de uma reunião extraordinária para tentar salvar o verão.

Hoje, a taxa de ocupação do setor hoteleiro está em 60%, muito abaixo do que se imaginava para a estação. Para se ter uma ideia do desastre, durante a Olimpíada a ocupação estava em 96% na Zona Sul e 90% na Barra.

A queda no Rio é considerada grave, e tem impactos em todo o país, já que a cidade é considerada porta de entrada para visitantes estrangeiros.

O principal problema parece ser mesmo a segurança, já que  existem outras regiões que vão bem. Balneário Camboriú, em Santa Catarina, por exemplo, tem no momento ocupação de 100%.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade