Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

EXCLUSIVO O ‘divórcio’ de Lulinha e Jonas Suassuna na Gamecorp

No fim de outubro, Lulinha pagou 1 milhão de reais pela parte de Suassuna

Por Robson Bonin - Atualizado em 13 dez 2019, 10h38 - Publicado em 13 dez 2019, 09h38

Em sigilo, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, e Jonas Suassuna assinaram o “divórcio” milionário na aventura outrora lucrativa da Gamecorp/Oi.

No fim de outubro, Lulinha pagou 1 milhão de reais pela parte de Suassuna.

Rebatizada de BR4 após a entrada da Oi no negócio, a empresa foi levada por Lulinha para o endereço do contador João Muniz Leite, citado na LavaJato por forjar recibos de aluguel do apartamento usado por Lula no ABC, que seria propina da Odebrecht.

Publicidade