Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ex-ministro de Dilma, hoje, aposta em vitória de Bolsonaro

José Eduardo Cardozo vê correligionário mal na fotografia do momento eleitoral

Por Gabriel Mascarenhas Atualizado em 19 set 2018, 06h21 - Publicado em 18 set 2018, 15h39

Ex-ministro da Justiça de Dilma Rousseff e admirador declarado de Fernando Haddad, José Eduardo Cardozo anda pessimista com as chances de sucesso do correligionário.

Embora não vá admitir publicamente nem sob tortura, ele tem dito que, se o candidato petista fosse disputar o segundo turno contra Jair Bolsonaro, hoje, o capitão venceria.

 

Atualização: Como antecipado pela coluna, Cardozo escreveu ao Radar e negou que aposte em Bolsonaro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade