Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eunício procura Requião, mas não conquista voto do colega

Provável futuro presidente do Senado se compromete a encampar parte dos compromissos exigidos por Requião, que não descarta lançar candidatura

Por Gabriel Mascarenhas 30 jan 2017, 17h05

Na reta final da campanha à presidência do Senado, Eunício Oliveira concentrou suas ações em que mais pode criar-lhe problemas: Roberto Requião.

Ele disse ao correligionário que pretende encampar parte dos compromissos exigidos por Requião para votar em quem quer que seja. Eunício argumentou, porém, que algumas propostas passam por mudanças no regimento da Casa.

Requião ouviu, mas não se convenceu. Ele vem dizendo que não apoiará Eunício e não descarta lançar-se na disputa contra o correligionário.

O documento escrito por Requião pede, entre outras coisas, o fim das Comissões Especiais formadas para debater temas específicos, a extinção dos processos decisórios por votos de liderança, a escolha de relatorias por sorteio e o início da discussão pelo plenário da nova Lei das Teles.

Continua após a publicidade
Publicidade