Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Usain Bolt fala na TV sobre os jogos olímpicos sem público no Japão

Velocista conquistou oito medalhas de ouro e, mesmo aposentado, detém os recordes mundiais de 100 e 200 metros

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 23 jul 2021, 15h02 - Publicado em 23 jul 2021, 15h29

A edição do ‘Esporte Espetacular’ deste domingo trará uma entrevista exclusiva com o jamaicano Usain Bolt, lenda do atletismo. Bolt entrou para a história dos Jogos Olímpicos como um dos maiores atletas de todos os tempos, após quatro participações, entre 2004 e 2016.

Ele conquistou oito medalhas de ouro e, mesmo aposentado, detém os recordes mundiais de 100 e 200 metros. Agora, o ex-velocista continua acompanhando de perto a modalidade que o alçou ao estrelato, mas como fiel expectador — e destaca a relação próxima que sempre teve com as arquibancadas.

“É tudo sobre capturar o coração das pessoas. Há um vácuo ali para ser preenchido desde que me aposentei e espero que alguém apareça. Eu era querido não apenas porque corria rápido, mas também pela minha energia, pela relação que tinha com o público”, diz o tricampeão. “Como desta vez não vai haver público na arquibancada, será uma experiência diferente para os atletas”, complementa.

Publicidade