Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Escuta no carro

A rede de espionagem infiltrada no governo do Distrito Federal teve entre seus alvos Cláudio Monteiro, chefe de gabinete de Agnelo Queiroz até o começo do mês. Duas semanas antes de Monteiro ser flagrado em um grampo da operação Monte Carlo e pedir demissão, agentes de inteligência do governo descobriram no carro dele um equipamento […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h03 - Publicado em 21 abr 2012, 10h32

O aparelho encontrado no carro de Cláudio, homem forte de Agnelo

A rede de espionagem infiltrada no governo do Distrito Federal teve entre seus alvos Cláudio Monteiro, chefe de gabinete de Agnelo Queiroz até o começo do mês. Duas semanas antes de Monteiro ser flagrado em um grampo da operação Monte Carlo e pedir demissão, agentes de inteligência do governo descobriram no carro dele um equipamento de escuta remota escondido. O aparelho, do tamanho de um celular, estava habilitado para monitorar as rotas de Monteiro em Brasília e transmiti-las para cinco pontos da capital. A dúvida é se a escuta era de fora ou de dentro do governo.

Publicidade