Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Enquanto isso, no Senado…

Se um desavisado aterrizasse agora há pouco no plenário do Senado sem ter espiado o noticiário acreditaria que tudo corre bem em Brasília. Enquanto governo e oposição são sacudidos pela delação bombástica de Delcídio do Amaral, senadores se estendiam longamente nas congratulações a Paulo Paim, do PT-RS, que comemora seus 58 anos. Numa troca de afagos, cada vez mais rara na briga […]

Por Da Redação - Atualizado em 30 jul 2020, 23h16 - Publicado em 15 mar 2016, 19h24
Paim: bandeira da paz

Paim: bandeira da paz?

Se um desavisado aterrizasse agora há pouco no plenário do Senado sem ter espiado o noticiário acreditaria que tudo corre bem em Brasília.

Enquanto governo e oposição são sacudidos pela delação bombástica de Delcídio do Amaral, senadores se estendiam longamente nas congratulações a Paulo Paim, do PT-RS, que comemora seus 58 anos.

Numa troca de afagos, cada vez mais rara na briga de foice do Congresso, Agripino Maia, do DEM, pediu a palavra para o classificar como seu “petista favorito”.

Publicidade