Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Empresário paranaense já esperava receber visita da PF

Não imaginava que iria parar na cadeia

Por Gabriel Mascarenhas - 11 set 2018, 16h35

Um dos alvos da etapa da Lava-Jato deflagrada na manhã desta terça, o empresário Joel Malucelli já contava que, mais cedo ou mais tarde, seria fisgado pela operação.

Malucelli não apostava, porém, que haveria uma ordem de prisão contra ele, como ocorreu. Seu palpite era algo mais leve, como uma convocação para prestar esclarecimentos ou, no máximo, buscas em suas empresas.

Errou o palpite.

Passeando pela Itália neste momento, o empresário, suplente de Alvaro Dias no Senado e que apoia Ratinho Junior para o governo do estado, deverá ser detido assim que pisar no Brasil.

Publicidade