Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Empresa de pagamentos da Decolar quer triplicar operações até 2022

Principal aposta da Koin é o parcelamento de compras sem cartão de crédito, por meio do boleto parcelado

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 13 set 2021, 15h41 - Publicado em 13 set 2021, 11h30

Em movimento de expansão, a Koin — empresa de pagamentos do Grupo Decolar — pretende triplicar o total de transações mensais até o final do ano.

A expectativa é passar da média atual de 10 000 operações para 30 000 transações concluídas, todos os meses. Desde 2019, mais de 350 milhões de reais já foram movimentados pelo meio de pagamento.

A fintech foi adquirida pela plataforma de viagens no final do ano passado, com a aposta nos serviços de parcelamento de compras sem cartão de crédito — o chamado boleto parcelado, além de Pix e do sistema antifraude. Atualmente, a tecnologia é oferecida a milhares de e-commerces.

Em agosto deste ano, a Koin concluiu a integração com as plataformas de comércio digital Vtex — unicórnio que acaba de estrear na Bolsa de Nova York — e a Magento. Com a junção, a expectativa é de que os meios de pagamento da Koin cheguem a 10 000 lojas online.

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade