Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Embaixador de Israel explica lagosta em almoço com Bolsonaro

Lagosta gerou um problema diplomático

Um almoço entre Jair Bolsonaro e o embaixador de Israel no Brasil, no último domingo (7), está gerando problemas ao emissário estrangeiro em seu país.

Censurado em foto postadas nas redes oficiais da representação de Israel, o prato de Bolsonaro contém uma lagosta, comida proibida na alimentação judaica, levantado dúvidas acerca da alimentação de Yossi Shelley.

Em entrevista ao site local Mako, Shelley esclarece que tudo não passou de um mal entendido: ‘Eu não comi lagosta, pedi salmão, que tem uma cor semelhante”.

“Quem me conhece há anos sabe que nunca pedi frutos do mar em um restaurante”, completou.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s