Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em tempo de penúria, Tarcísio toca obras com emendas parlamentares

Articulação política do ministro com bancadas estaduais já possibilitou ao governo concluir 65 empreendimentos com ajuda do Congresso

Por Robson Bonin Atualizado em 29 out 2020, 14h14 - Publicado em 29 out 2020, 16h26

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, criou uma carteira de obras a ser financiada exclusivamente com emendas parlamentares.

Em tempo de penúria, a ideia atraiu congressistas pela possibilidade de assinar um grande empreendimento no estado com dinheiro das emendas que, no modelo, será liberado com mais agilidade.

A estratégia de Freitas não é nova. Desde 2019, o ministro vem se reunindo com as bancadas federais para pedir recursos. 

A série de conversas rendeu mais de 2,5 bilhões de reais extras no orçamento deste ano, que, somados aos recursos da pasta, possibilitaram a entrega de 65 obras, até o momento, nas cinco regiões do Brasil.

Para 2021, o plano se repete, com Tarcísio negociando com cada bancada estadual a lista de obras que poderão ser concluídas com a verba dos parlamentares.

Continua após a publicidade
Publicidade