Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em reunião na Fiesp, Skaf deve confirmar que vai desistir da reeleição

Empresário irá completar 17 anos a frente da Fiesp no ano que vem.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 24 ago 2020, 11h00 - Publicado em 24 ago 2020, 10h20

Paulo Skaf deve confirmar hoje em reunião de diretoria da Fiesp que não irá concorrer à reeleição, em 2021. Seria o seu quinto mandato. Skaf irá completar 17 anos a frente da Fiesp no ano que vem, ao deixar a federação. Para concorrer a um novo mandato, ele teria que mais uma vez mudar o estatuto, e ele enfrentou muitas resistências para isso.

Em reunião da diretoria do Ciesp na quinta passada, Skaf disse que pretende indicar o seu sucessor, mas não lançou nenhum nome. O que circula na Fiesp é que ele pretende lançar o nome de Josué Gomes da Silva, que também como ele, é ligado ao setor têxtil, e não frequenta a Fiesp.

ASSINE VEJA

Aborto: por que o Brasil está tão atrasado nesse debate Leia nesta edição: as discussões sobre o aborto no Brasil, os áudios inéditos da mulher de Queiroz e as novas revelações de Cabral
Clique e Assine

 

Publicidade