Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em fuga da CPI, Wizard aparece em live — Randolfe vai atrás

Convocado para depor no Senado, empresário bolsonarista fala sobre 'sucesso e superação'

Por Laísa Dall'Agnol 14 jun 2021, 19h25

O Brasil é mesmo um país interessante. Convocado por uma CPI do Congresso para depor, o empresário Carlos Wizard sumiu do mapa para não ter que responder aos senadores.

Nesta segunda, porém, deixou o esconderijo para brilhar numa live sobre “sucesso e superação” no canal Escola da Vida, iniciativa da qual é co-fundador.

Os senadores da comissão não perderam tempo. Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI da Pandemia, decidiu assistir à transmissão e ainda mandou um recado a Wizard.

“Sr. Carlos Wizard, estaremos lá, na sua live, para lhe lembrar do seu compromisso nessa quinta-feira (17) na CPI da COVID. Até logo!”, twittou o parlamentar.

Aprovada há 19 dias, a convocação de Carlos Wizard para depor está marcada para esta quinta-feira, mas o empresário não respondeu às várias tentativas de notificação por parte dos técnicos do Senado.

Continua após a publicidade

Diante do sumiço de Wizard, suspeito de integrar o tal “ministério paralelo da Saúde” de Jair Bolsonaro, o presidente da comissão, Omar Aziz, decidiu convocar para o mesmo dia o servidor do TCU que inventou um relatório sobre mortes na pandemia, usado por Bolsonaro para espalhar fake news.

Se o empresário não comparecer, os senadores deverão requisitar a condução coercitiva do depoente — o que deve levar o caso à Justiça.

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade