Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em cruzeiro, Roberto Carlos elogia dois ministros de Bolsonaro

Cantor também disse que alguns auxiliares atrapalham o presidente

Por Mariana Muniz - 17 fev 2020, 06h42

Depois de dizer que Jair Bolsonaro é bem intencionado, o “Rei” Roberto Carlos voltou a dizer, neste domingo, que o problema do presidente está na escolha de quem o cerca – menos dois integrantes do entourage presidencial, que acabaram escapando da bronca.

Sérgio Moro e Paulo Guedes, na avaliação do cantor, são os dois ministros que mais colaboram com o governo de Bolsonaro.

“[Bolsonaro] tem tido muita dificuldade com todos que estão à volta dele. Mas o Sérgio Moro e o Paulo Guedes, não, eu acho que esses estão sempre colaborando com ele”, afirmou em entrevista coletiva à bordo do cruzeiro que realiza com fãs, no Rio de Janeiro.

Para Roberto Carlos, o andamento da gestão Bolsonaro tem sido atrapalhado por interferências de gente próxima ao presidente.

Continua após a publicidade

“Ele está tendo muita dificuldade em realizar os planos dele, o que ele prometeu. Eu torço pelo Brasil, e torcendo pelo Brasil torço para que ele faça tudo o que prometeu”, afirmou. A declaração do cantor foi recebida com aplausos enfáticos da plateia de fãs, que não poupou nos comentários contra a imprensa.

Publicidade