Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em busca de apoio, Aras se reúne com petistas no Senado

Escolhido por Jair Bolsonaro, novo chefe da PGR será sabatinado nas próximas semanas na Comissão de Constituição e Justiça

Por Robson Bonin - 11 set 2019, 15h05

Indicado para ser o novo chefe da PGR, Augusto Aras, veja na foto, reuniu-se nesta quarta com senadores da bancada do PT para pedir o apoio da oposição a Jair Bolsonaro ao seu nome.

Na foto, Jean Paul Prates (PT-RN) e Humberto Costa e os outros quatro senadores da bancada do PT, além da senadora Zenaide Maia (PROS-RN), sabatinam informalmente o indicado de Bolsonaro.

Aras será sabatinado nas próximas semanas na Comissão de Constituição e Justiça.

Para conseguir o apoio de Bolsonaro, o procurador teve que provar que não tinha colorações partidárias, incluindo o vermelho petista.

Publicidade