Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em aceno ao PSB, Tabata faz live com França e critica governo Bolsonaro

De saída do PDT após defender reforma da Previdência, deputada falou sobre educação durante pandemia

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 18 jun 2021, 20h52 - Publicado em 18 jun 2021, 20h46

De saída do PDT, a deputada Tabata Amaral (SP) participou nesta sexta de live com o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB) sobre os ‘impactos da pandemia na educação’.

No que pode ser visto como um aceno ao partido, cotado como possível nova casa da parlamentar, Tabata criticou ações do governo federal durante a crise de Covid-19.

“O Ministério da Educação cruzou os braços e, junto ao governo, vem atrapalhando os esforços do Congresso”, disse.

Tabata citou o projeto de lei que prevê garantia de acesso a internet a 18 milhões de alunos da rede pública, sancionado recentemente. A proposta foi inicialmente barrada por Bolsonaro e, depois, teve o veto derrubado.

Em maio, o TSE autorizou a desfiliação da deputado do PDT sem o risco de perder o mandato. Ela alega perseguição interna após ter sido favorável à reforma da Previdência, em 2019.

Continua após a publicidade
Publicidade