Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eleição municipal tem recorde de pastores e pastoras

Candidatos passaram de 1.985 em 2008 para 4.656 neste ano.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 30 set 2020, 21h06 - Publicado em 1 out 2020, 12h32

Fé e política caminham lado-a-lado, e não há nada de novo nisso. O eleitor vai reparar, no entanto, que o número de candidatos se apresentando como líderes religiosos aumentou este ano – e muito.

Segundo dados do TSE, 4.656 candidaturas têm a denominação “pastor” ou “pastora” registrada no sistema. Para efeitos de comparação, em 2008 eram 1.985.

O crescimento se manteve constante ao longo das eleições. Em 2012 foram 2.679 candidatos e, nas últimas eleições para prefeito e vereador, em 2016, foram 3.367 candidaturas.

O Republicanos lidera o ranking entre os partidos, com 364 candidaturas. Na sequência, o PSC, com 317, e o PSD, com 294.

O levantamento foi realizado por Arthur Fisch, consultor de inteligência eleitoral da plataforma Confirma e pesquisador da FGV, onde participou do desenvolvimento da base de dados eleitorais CEPESPData.

Continua após a publicidade
Publicidade