Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eduardo Leite protesta contra arquivamento do caso Aécio: ‘bastante grave’

Governador do Rio Grande do Sul espera que tucanos revejam decisão

Por Ernesto Neves - Atualizado em 22 ago 2019, 19h01 - Publicado em 22 ago 2019, 19h00

Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite considerou “bastante grave” o arquivamento do pedido de expulsão de Aécio Neves do PSDB.

A decisão foi tomada pela Executiva Nacional do PSDB nesta quarta (21). Foram arquivados dois pedidos de expulsão, um feito pelo diretório do PSDB na cidade de São Paulo e o outro pelo estado de São Paulo.

“Me frustrou a decisão tomada. Não defendo a expulsão sumaria de ninguém. Tem que desenvolver o processo correto. Mas sequer isso foi permitido. Um placar largo contra a admissibilidade da discussão dentro do partido. Isso é bastante grave, e espero que possa ser revisto”, disse Leite.

Ele afirmou ainda que o diretório do partido no Rio Grande do Sul deverá se reunir para encaminhar nova representação contra Aécio.

Publicidade

“O que não admito é que não haja sequer a discussão deste tema no partido. A conduta foi grave, há gravações, e merece sim debate interno do partido. É o mínimo que eu espero no PSDB”, concluiu.

Publicidade