Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eduardo Bolsonaro quer entrar em conselho sobre Brasil na OCDE

Manobra do filho do presidente para estar nas discussões antes reservadas apenas aos ministros

Por Pedro Carvalho 3 out 2019, 08h13

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) apresentou requerimento para que ele possa participar das reuniões do conselho que discutirá os termos da entrada do Brasil na OCDE.

Pelo decreto presidencial, estão autorizados a compor o conselho o ministro-chefe da Casa Civil, que será o coordenador, e os ministros das Relações Exteriores, da Economia e da Secretaria-Geral da Presidência da República.

O quase-embaixador sugeriu que o presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil–OCDE, criado pelo deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), e um representante possam também entrar nas discussões antes reservadas apenas aos ministros.

Publicidade